Unidades da SAP fazem mutirão de mamografia

Ônibus do Hospital de Câncer de Barretos vai atender presas com idade acima de 50 anos. Feminina Sant´Ana já realizou os exames

qua, 24/10/2007 - 15h27 | Do Portal do Governo

Doença cada vez mais preocupante no contexto da saúde da mulher, o câncer de mama é o foco de uma intensa campanha da Secretaria de Estado da Saúde, através do Hospital de Câncer de Barretos, junto às penitenciárias femininas da Secretaria da Administração Penitenciária.

Nos dias 17,18 e 19 de outubro, o ônibus adaptado com mamógrafo visitou a Penitenciária Feminina Sant´Ana, onde realizou exames em mulheres com idade entre 50 e 69 anos. A ação, batizada de “Mutirão Especial de Mamografia” ainda deve visitar, em São Paulo, as Penitenciárias Femininas da Capital, Butantan e a Penitenciária Feminina de Campinas.

Na PFS, no total foram atendidas 178 reeducandas dentro da idade determinada. Importante ressaltar que, além dessas, mulheres com sintomas ou histórico da doença na família também passaram pelo exame. A estimativa dos organizadores do mutirão é que mais de 300 mulheres presidiárias sejam atendidas.

Hospital de Câncer de Barretos

Na década de 60, o único hospital especializado para tratamento de câncer no Brasil situava-se na capital paulista. Entretanto, o Hospital São Judas de Barretos, já recebia pacientes com a doença, em sua maioria, previdenciários de baixa renda e analfabetos. Em 1967, foi instituída a Fundação Pio XII e o local passou a atender, oficialmente, portadores de câncer.

Hoje, o hospital conta com 150 médicos e mais de 1.400 funcionários, atende 1.210 municípios dos 27 estados do Brasil, registrando 2.200 atendimentos por dia, sendo 98% via SUS (gratuito). O local está equipado com os mais sofisticados equipamentos para prevenção, diagnóstico e tratamento da doença, além de reunir uma equipe médica altamente qualificada e multidisciplinar.

Apesar do déficit mensal de cerca de R$ 2 milhões, o hospital mantém suas portas abertas, graças ao apoio e a solidariedade das pessoas.

Câncer de mama

O câncer de mama é uma das formas mais freqüentes de câncer entre mulheres, sendo mais comum entre as mais velhas. Quando o câncer cresce no tecido da mama e espalha-se para fora as células cancerosas podem geralmente ser encontradas nos nódulos linfáticos abaixo dos braços. Se o câncer alcançou esses nódulos, isso significa que pode ter se espalhado, ou metastizado, para outras partes do corpo. Quando o câncer espalha-se da sua localização original na mama para outras partes do corpo, como o cérebro, é chamado de câncer de mama metastático, e não câncer cerebral.

A maneira mais eficaz de combate ao câncer de mama é a prevenção, que deve ser feita através da mamografia e, principalmente, através do auto-exame de toque.

Fonte

Hospital de Câncer de Barretos

(https://www.etexgi.com)

Copacabana Runners – Corrida e Saúde (https://www.hsqlyy.com)

 

Da Secretaria Estadual da Administração Penitenciária

(I.P.)