Alckmin fala de investimentos no interior do Estado

No programa de rádio "Conversa com o Governador", Alckmin comenta em detalhes sobre as realizações do final de 2012

qui, 27/12/2012 - 13h42 | Do Portal do Governo

No último “Conversa com o Governador” do ano, Geraldo Alckmin iniciou com comentários sobre a sua ida a Botucatu nesta última quarta-feira, 26. “Botucatu terá a primeira pinacoteca fora da capital. Nós vamos investir R$ 11 milhões, já liberamos R$ 2 milhões nessa visita. Nós estamos descentralizando a cultura, democratizando o acesso à cultura”, comunicou o governador.

– Siga o Governo do Estado de São Paulo no Twitter e no Facebook 

Ainda sobre o município, Alckmin comentou sobre a delegação do aeroporto de Botucatu ao município e sobre a importância da cidade ser mais uma no Estado a ter conquistado a categoria de 300% da Sabesp com a inauguração de posto de tratamento de esgoto em três bairros: “universalizou o saneamento básico, 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado, 100% de esgoto tratado”, explicou. Ainda anunciou que no primeiro trimestre de 2013 ainda irá inaugurar dois novos hospitais, o Hospital Geral com 80 leitos, e um moderno hospital para dependentes químicos com 76 leitos. “Será um dos melhores do país, tudo gratuito e financiado pelo governo do Estado”, comunicou.

Também na quarta-feira, 26, o governador esteve na cidade de Salto para a entrega da revitalização do Parque Rocha Moutonnée, “um parque que é um grande local de importância histórica e geológica, ele tem o chamado granito róseo da Era Paleozoica, alunos de geologia do país inteiro e até do exterior vão ao Parque Rocha Moutonnée, que é na beira do Rio Tietê”, ensinou o governador. O investimento foi de R$ 1,8 milhão por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE). E lá também aproveitou para inaugurar o novo prédio da biblioteca municipal, pavimentação de avenidas e iluminação. Ainda em Salto o governador autorizou uma nova ponte sobre o rio Tietê, que será estaiada e contará com elevador panorâmico, também financiado pelo DADE.

O governador aproveitou para comentar no programa sobre a Operação Verão, que permite mais tranquilidade nas férias das famílias que optaram pelo descanso no litoral e que passará por toda a baixada santista até chegar ao litoral norte: “nós teremos aí um reforço de 2.748 policiais a mais, sendo 475 policiais civis, entre delegados, escrivães, investigadores, agentes policiais, agentes de telecomunicações e 2.273 policiais militares a mais também, e 415 guarda-vidas que nós contratamos para atuar nas praias”. Alckmin também falou que em janeiro serão entregues mais duas balsas para a travessia Santos-Guarujá, cada uma com capacidade para 60 veículos.

Em Cubatão no último dia 21, 839 apartamentos foram entregues dentro do Programa Recuperação da Serra do Mar, que segundo o governador de São Paulo tem dupla finalidade, famílias que estão em área de risco na Serra do Mar vão para apartamentos novos feitos pela CDHU e a área de parque será totalmente revitalizada para recuperar a Mata Atlântica. “Condomínios muito bem feitos, tem área de lazer, estacionamento, toda infraestrutura, um belíssimo projeto”.

Também foi assunto do programa a posição do governo em assumir o Hospital de Base de Bauru, assim, a partir de 1º de janeiro, o hospital que era gerido por uma entidade privada, filantrópica, que passou por dificuldade, passará a ser estadual. Como avisa Alckmin, “ele vai ser recuperado, modernizado, reformado e vai ampliar o seu atendimento, isso vai beneficiar Bauru, que é uma cidade importantíssima no coração do Estado de São Paulo e todos os municípios ali do entorno”.

Na semana passada aconteceu no Palácio dos Bandeirantes a premiação dos melhores cafés de São Paulo pelo governo do Estado em parceria com a Secretaria da Agricultura. “Nós devemos muito ao café, se São Paulo é hoje esse extraordinário parque industrial, comercial, de serviços, a base disso tudo foi o café. Está entre os dez produtos de maior importância da agricultura de nosso Estado”, destaca Alckmin

EmSão João da Boa Vista, 926 famílias também ganharam moradias, com apartamentos entregues pelo programa Casa paulista. E para encerrar o programa, um merecido destaque ao marco de 100 milhões de refeições entregues pelos restaurantes do Bom Prato, que contam com almoço a R$ 1 e café da manhã por R$ 0,50.

Do Portal do Governo do Estado