Jundiaí oferece paisagens belíssimas na Serra do Japi e turismo rural

Serra do Japi foi declarada pela Unesco como reserva da biosfera

sex, 14/05/2010 - 10h29 | Do Portal do Governo

Localizada a apenas 60 quilômetros de São Paulo, a cidade de Jundiaí possui uma das mais belas paisagens do Estado: a Serra do Japi, uma reserva da Mata Atlântica com trilhas, mirantes, cascatas e piscinas naturais. Em 1992, a Unesco declarou os 354 quilômetros quadrados dessa área como reserva da biosfera. Para garantir a preservação desse patrimônio, a Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente implantou um programa de visitas monitoradas. Por isso, antes de reunir a família e os amigos para esse passeio, agende a visita pelo telefone (11) 4589-8560. Os grupos podem ter, no máximo, 15 pessoas e são sempre acompanhados por monitores. Ali o turista poderá optar por uma das quatro trilhas. A mais conhecida é o do Trial (ou da Ermida), com 5,8 quilômetros de caminhada em meio à mata ciliar. As outras trilhas são a do Condomínio (7,8 quilômetros), Mirante (8,0 quilômetros) e Paraíso (9,0 quilômetros).

Para quem prefere algo mais tranquilo como circular pelo centro da cidade, mas quer ficar em contato com a natureza, a dica é o Jardim Botânico. Nos 148 mil metros quadrados, você se encantará com as cascatas, fontes e passarelas. Outra opção são os museus. O Solar do Barão é uma antiga construção do século XVIII, época em que pertenceu à Antônio de Queiroz Telles, o Barão de Jundiaí. O museu conta com biblioteca, hemeroteca, fototeca e pinacoteca, entre as peças de valor histórico. Já o museu ferroviário da Companhia Paulista reúne cerca de três mil peças como máquinas, ferramentas, maquetes e mobiliário de vagões e estações.

Circuito das frutas

Conhecida como a terra da uva, a cidade integra o Circuito das Frutas – formado ainda pelas vizinhas Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo. Essas cidades respondem por 40% da produção nacional de frutas de mesa. Na época das safras das frutas, o turista pode participar do “colha e pague”, isto é, levar para casa uma fruta saborosa que ele mesmo colheu do pé. 
 
Jundiaí é a maior produtora de uva niágara do País. Também se destacam as culturas do pêssego, morango, caqui e outras frutas. Todos os anos, a cidade promove as festas da uva e do morango. 

A vida rural ainda rende outros bons passeios como visitas às adegas de vinho artesanal e licores, fazendas históricas de café, apiários e orquidários, alambiques de pinga, restaurantes que servem comidas típicas da região e passeios a cavalo, entre outros. 

Expresso Turístico

Jundiaí é um dos destinos do Expresso Turístico, serviço lançado em abril de 2009 que une lazer, cultura e história. Partindo da Estação da Luz, os passageiros fazem uma viagem no tempo por uma das mais importantes ferrovias do País. Para saber mais sobre esse projeto desenvolvido em conjunto pelas Secretaria dos Transportes Metropolitanos e de Esporte, Lazer e Turismo, clique aqui. 

O velho e o novo

A cidade reúne algumas construções históricas. A principal delas é a Catedral Nossa Senhora do Desterro, inaugurada em 1651. Foi remodelada em 1886, seguindo projeto do engenheiro Ramos de Azevedo, quando a construção ganhou as linhas atuais no estilo neo-gótico, denotando grandiosidade e religiosidade com suas altas torres. Também dessa época e bem preservado, é o Mosteiro de São Bento. Fundado em 1668, tem altar em madeira estilo rococó, proveniente de Olinda. Nas primeiras décadas do século XX, foi mantido como capela do Colégio Florence, famosa instituição de ensino dedicada às meninas.

Em contraste com esses dois prédios, Jundiaí conta com o Centro Islâmico. As obras foram iniciadas em 1982 e concluídas em 1990. O estilo corresponde ao das mesquitas do Oriente Médio. A minareta ostenta no alto a Lua Crescente, símbolo pictográfico do Islamismo.

Como chegar
 
Partindo da Capital, você tem duas opções: as rodovias Anhanguera e Bandeirantes. Para conferir como está o trânsito nas estradas, acesse os sites da Secretaria Transportes (https://www.szjieerxi.com) e do DER (https://www.szjieerxi.com). O internauta pode ver o fluxo graças às 33 câmeras espalhadas pelo Estado que transmitem imagens em tempo real.

Outras dicas de viagem

Confira outros destinos indicados pelo portal:

Santos

Brotas

Bananal

Eldorado

Ilhabela

Jaguariuna

Atibaia

Barra Bonita

São Roque

São Carlos

Itu

Taubaté

Holambra

Monte Alegre do Sul

São Francisco Xavier

Salto

Botucatu

São Bento do Sapucaí

Vinhedo

Pindamonhangaba

Itirapina

Santo Antônio do Pinhal

Cananeia

Piracaia  

Águas de São Pedro